Após reajuste, entidades de juízes vão ao STF para garantir auxílio-alimentação

Ao pacato, vilipendiado e terceirizado povo brasileiro, a Coluna Painel da Folha de S.Paulo informa: dirigentes de associações que representam os juízes estão em romaria ao Supremo Tribunal Federal para tentar impedir que a corte acabe com o auxílio-alimentação da magistratura. Segundo a informação, a ação que trata do assunto será analisada dia 12.

Certa vez, perguntei a um dos juízes da Suprema Corte da Suécia, Göran Lambertz, se magistrados suecos tinham direito a benefícios como auxílio-alimentação. A resposta: “Não almoço às custas do contribuinte”.

A notícia da cruzada pelo auxílio-alimentação dos togados chega um dia depois de Michel Temer fechar acordo com o STF para conceder reajuste de 16,38% para o Judiciário federal.

O primeiro a ouvir a cantilena das entidades de juízes sobre a Bolsa Alimentação dos magistrados foi o ministro Dias Toffoli, informa a jornalista Daniela Lima. Agora, Ricardo Lewandowski deve receber os defensores do penduricalho

Conheça o livro “Um País Sem Excelências e Mordomias”

Da Coluna Painel da Folha de S.Paulo:

 

31 de Agosto de 2018

70 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*