Suécia condena pedófilo a 10 anos de prisão por estupro online

Crônicas da Escandinávia

Claudia Wallin, de Estocolmo para a Rádio França Internacional

Em um julgamento histórico na Suécia, um homem de 41 anos foi condenado a dez anos de prisão por crime de estupro cometido na internet, após ter coagido 27 adolescentes na Grã-Bretanha, no Canadá e nos Estados Unidos a realizar atos sexuais diante de webcams.

O tribunal de Uppsala, cidade a cerca de 70 quilômetros da capital sueca, considerou o homem culpado de crimes sexuais cometidos entre 2015 e o início deste ano contra 26 meninas e um garoto – apesar de ele nunca ter encontrado suas vítimas pessoalmente, e de não ter estado sequer no mesmo continente que elas.

Pela lei sueca, o crime de estupro não precisa necessariamente envolver uma relação sexual física, e pode ser definido como um ato que represente grave violência de natureza sexual.

A fim de forçar as vítimas a realizar atos sexuais diante de webcams, enquanto ele as observava em seu computador na Suécia através de chats por vídeo, o homem ameaçou postar fotos delas em sites pornográficos. Segundo os promotores, ele chegou a dizer a elas que mataria seus pais.

O homem, que não teve sua identidade revelada pela imprensa sueca, foi condenado por 59 delitos de violência e abuso sexual – a maioria deles contra meninas de menos de 15 anos de idade.

Ele também foi condenado por posse de pornografia infantil, por ter gravado os atos sexuais praticados pelos menores de idade. O tribunal determinou ainda o pagamento de indenização às vítimas que puderam ser identificadas e solicitaram compensação, em um valor total equivalente a mais de 130 mil dólares.

A maior parte dos delitos praticados pelo homem foi classificada pelo tribunal como abuso e violência sexual contra crianças.

“Mas em alguns casos, os delitos cometidos representaram grave humilhação às vítimas, e devem portanto ser definidos como crime de estupro contra crianças”, determinou a juíza Karin Westerlund.

O condenado reconheceu a maioria das acusações durante o processo, embora tenha rejeitado a alegação de que se tratou de estupro. O advogado de defesa do sueco, Kronje Samuelsson, disse que ele deve recorrer da sentença.

1 de Dezembro de 2017

85 respostas
« Older Comments
  1. natalielise
    natalielise says:

    Great work! This is the type of info that are meant
    to be shared around the net. Disgrace on Google for no longer positioning this put up higher!
    Come on over and discuss with my web site .
    Thanks =) plenty of fish natalielise

    Responder
  2. plenty of fish dating site
    plenty of fish dating site says:

    Do you mind if I quote a couple of your articles as long as I provide credit and sources back to your
    site? My blog is in the exact same niche
    as yours and my visitors would really benefit from some
    of the information you provide here. Please let me know if this alright with you.

    Thank you!

    Responder
  3. how to get help in windows 10
    how to get help in windows 10 says:

    Generally I do not learn article on blogs, however I would
    like to say that this write-up very forced me to take a look at and do it!
    Your writing style has been amazed me. Thanks,
    quite great post.

    Responder
  4. how to get help in windows 10
    how to get help in windows 10 says:

    I love your blog.. very nice colors & theme.

    Did you design this website yourself or did you hire someone to do it for you?
    Plz reply as I’m looking to construct my own blog and would like to know where u
    got this from. thank you

    Responder
  5. Steppease
    Steppease says:

    Free Shipping Clobetasol Internet Kamagra Sildenafil 100mg Tablets Cialis 20 Mg Vademecum buy viagra Hydrochlorot 50mg No Prescription

    Responder
  6. Steppease
    Steppease says:

    Preis Viagra 25 Buy Online Lasix K Clv Compared With Augmentin Is Ephedraxin Like Vyvanse Prednisolone India

    Responder
« Older Comments

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *