Posts

STF aprova reajuste do próprio salário – sem perguntar a quem vai pagar: você

Supremas togas: em mais um insulto à população desdenhosamente condenada a pagar o custo de todas as crises, o Supremo Tribunal Federal aprovou, por 7 votos a quatro, a inclusão do reajuste de 16,38% nos próprios salários na proposta de Orçamento para o próximo ano. O projeto em tramitação no Congresso prevê a elevação dos salários dos ministros do STF, de forma escalonada, até alcançar o valor de R$ 39.293,32. O salário dos ministros hoje é de R$ 33,7 mil, e serve como teto para todo o funcionalismo público – a conta do reajuste pode passar dos R$ 5 bilhões por ano. Você paga.

Uma das pérolas da sessão: ao votar a favor do aumento, o ministro Ricardo Lewandowski afirmou que os magistrados aposentados perdem cerca de 40% dos rendimentos ao se aposentarem e que “muitos não conseguem pagar o plano de saúde”, disse, ressaltando a “situação de extrema penúriados aposentados e pensionistas”.

Conheça o livro “Um País Sem Excelências e Mordomias”

Veja a reportagem completa do Uol aqui

Votaram a favor da inclusão do reajuste na proposta de Orçamento:

Ricardo Lewandowski

Marco Aurélio Mello

 

Luís Roberto Barroso

Gilmar Mendes

Dias Toffoli

Luiz Fux

Alexandre de Moraes

Votaram contra a inclusão do reajuste:

Edson Fachin

Rosa Weber

Celso de Mello

presidente Cármen Lúcia